Bruno Oggione

Ensaio

Ode Marítima (Segundo Movimento)

É fundamental reconhecer uma abordagem particular de leitura para o poema Ode Marítima, de Álvaro de Campos, que não pretenda ser um método definitivo. Ao expressar isso, quero lembrar aos especialistas que o estudo de poesia exige aventurar-se além dos limites do que já se sabe sobre o próprio poema, a fim de que possamos compreender e apreciar plenamente os princípios que sustentam a autonomia poética.